Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Violet Clouds

Coisinhas novas

Ora boas tardes minha gente! Viva a sexta-feira!

 

Acho que vou ter de aproveitar este fim-de-semana muito, muito bem. Já começo a ficar ansiosa pela próxima Quinta-feira e a querer rezar a todos os santos que conheço e a alguns de que nem tenha ouvido falar. Perdoem-me se não publico nada há uma resma de dias mas o que é certo é que não tenho parado. Terça e Quarta-feira foram passadas em Lisboa (embora não tenha tido a chance de distribuir mais currículos no segundo dia) e assim que cheguei a casa, vi-me forçada a repôr o sono que não tive. Numa noite durmi apenas 3 horas e na outra, quatro. Lembro-me de entrar no barco, a agarrar a minha tia - que vinha zonza de uma ressonância magnética - e mal sentia as pernas e os braços, a implorarem-me para que chegasse à cama o mais depressa que conseguisse. Quanto a ontem... Andei na clínica de fisioterapia e fui levar o carrito da minha tia até à oficina.

 

Diga-se de passagem que conseguimos com que o carro aprovasse na inspecção depois de estar 1 ano e meio parado. Já o meu namorado diz que aquilo parece mais um tanque de guerra devido à idade (é de 94) e ao bom estado em que ainda se consegue conservar. Temos uma grande estima pelo bichano... Ai, boas memórias! Quanto a mais novidades da semana, ontem pude trazer finalmente um exfoliante que estava encomendado há alguns dias, da Yves Rochër. Não sou apologista de muitos cremes à mistura e coisas do género, mas a marca é conhecida por utilizar ingredientes e recursos naturais. E o exfoliante acaba por ajudar-me a ter a pele mais limpa! O que comprei custa 8,59€ e é de azeite... Não, não deixa a pele oleosa, muio pelo contrário. E cheira muito bem! (: Estes são os dois produtos que tenho de momento da marca (fora os perfumes... Tenho um de pêssego, mas já está a acabar, coitadinho).

 

(Bálsamo Les Plaisirs Nature Morango; Exfoliante para corpo Les Plaisirs Nature Azeite)
(O exfoliante, mais de perto - 8,59€ )
(O bálsamo. Creio que de momento são vendidos em formato de batom, mas comprei este no Natal... Como estava a utilizar outro, abri-o há pouco tempo.)
E com isto mostro-vos as comprinhas (e estreias, no caso do bálsamo) desta semana. Nunca pensei vir a publicar algo deste género... Não sou muito preocupada com produtos de beleza. Compro os essenciais e de marcas em que confio. (:
Boa tarde e bom fim-de-semana,
Daniela

Lógicas da batata #1 - Entrevista de trabalho

Após o "excelentíssimo" dia que tive hoje, decidi criar o "Lógicas da Batata": tag para tópicos referentes a acontecimentos/ocorrências que não têm ponta por onde se lhe pegue. A primeira desta série é sobre a rica entrevista de trabalho que tive hoje.

 

Diga-se de passagem que saí de casa de nariz torcido. Fui calmíssima, já preparada para o que ia acontecer, mas de pé atrás com o facto de que a morada que me tinha sido atribuída ser de uma garagem. Fiz questão de consultar a Google maps para dar uma olhada à zona e não vi nada a indicar um estabelecimento Zon... juntando isto ao facto de ter conseguido esta entrevista quando um senhor pediu "pessoas para vários postos de trabalho" - sem se especificar - fui avisada de que podia ser uma ratada qualquer.

 

Portanto... Fui acompanhada. Tínhamos em mente passar pela zona e se não víssemos nada a dizer Zon ou ninguém nos soubesse dizer onde é que era o dito cujo sítio, dávamos meia-volta e compensávamos a viagem a distribuir currículos pelo Colombo inteiro. Por casualidade estava lá um poster com o nome da empresa e portanto, entrei.

Nunca vi sítio mais desorganizado. Aquilo parecia um autêntico galinheiro. Todos a fumar lá dentro, os trabalhadores a olharem-se de alto a baixo, secretárias cheias de trabalho por fazer trocado por um jogo de solitário ou por um telefonema repleto de risadas, obviamente alheio ao trabalho. A minha tia diz que enquanto preenchia um formulário, o chefe andava de um lado para o outro a pedir para que se comportassem, apontando (in)discretamente para a nossa localização. Algo como "portem-se bem, senão aquela não fica cá". Soube disto cá fora... Mas não demorou muito para que mo fosse dito, porque a minha entrevista de trabalho demorou 1 minuto e meio... Se tanto!

Se o homem me fez duas perguntas, foi muito. Além de me perguntar "Então é o seu primeiro emprego!?", com o meu currículo na mão, pergunta-me se tenho dificuldades em comunicar com os outros e quanto é que eu estou à espera de receber. "Damos-lhe um dia à experiência com outros três colegas e no fim poderá dizer-nos se deseja continuar cá ou se desiste do cargo", finalizou o homem e abriu-me a porta.

 

Ora bem. Questionar-me sobre o meu primeiro emprego com o currículo nas unhas era desnecessário, porque as letras são jeitosas, grandes e redondas. Perguntar-me quanto é que eu gostaria de receber foi pior ainda, porque isso quem quer saber sou eu. Não andei a ler na testa do pessoal que lá andava aos berros quanto é que eles recebiam... Oferecer-me um dia de experiência até nem me pareceu mal. Concordei em fazê-lo até ter saído e me terem explicado o que se sucedeu, enquanto eu procurava por números de BI e contribuinte e quês. Agora fazerem ambiente bonito para me convencerem a lá ficar? E despacharem-me em menos de dois minutos?

 

A sério?

 

Resultado: para não perder 7 euros em viagens, esqueci o assunto e fui distribuir currículos no Colombo. Fui melhor atendida e esclarecida pelas meninas dos balcões do que por um suposto patrão. E amanhã, toca a distribuir mais.

 

Isto há com cada uma... Quem é que já teve uma experiência assim parecida, sem cabimento?

 

Boa tarde,

Daniela

Um dia produtivo.

Bem, já é praticamente Segunda-feira... Mas como sou fã do fim-de-semana, haja saúde por ser Domingo e só contar depois de dormirmos. Sei que é tarde, espero que estejam todos a descansar e que comecem a semana com um sorriso!

 

Embora já seja costume ficar acordada até tarde - porque fico a fazer companhia à minha tia, que é hiperactiva - hoje tive trabalho pelas barbas. Foi um dia bom e produtivo: foi-se às compras, aproveitou-se a tarde com o namorado (só nos temos visto uma vez por semana por causa do estágio dele), houve direito a bolo e dediquei-me ao meu hobby... Desenho. Uma amiga minha (e instrutora de condução) pediu-me algo para fazer numa t-shirt para o filho e aproveitei para fazer algumas experiências com as cores, depois de uma tarde enfiada na biblioteca a ler alguns livros de arte. Lembrei-me de passar por lá e procurar por umas dicas relativamente a sombras...

 

O resultado vê-se aqui. Do lado esquerdo um sketch, do lado direito o trabalho final.

 

Não estou habituada a colorir e a desenhar desta forma, deixando-me levar pelo lápis e pelo improviso. Creio que me superei, que melhorei um pouco. É raro ter uma opinião positiva sobre o meu próprio trabalho, ou ao menos colocar as auto-críticas de parte... Mas hoje calo-me.
Gostaram? Acham que vai ficar giro numa t-shirt? (:
Boa noite,
Daniela

Nail art #2 - Sneakers

Boa noite, queridos leitores! Hoje tem sido um Sábado surpreendentemente atribulado!

 

Pedi por descanso e parece que fui ouvida. Embora tenha acordado mal-humorada como tudo (porque a primeira coisa que ouvi da minha avó esta manhã foi um relatório policial sobre a vida pessoal de 50 pessoas...), a tarde revelou-se engraçada. Depois do almoço, uma amiga da família perguntou-nos se queríamos arranjar o buço e as sobrancelhas - porque a minha tia andava mesmo a precisar! - e fomos as três corridas pela cera. Arranjei as sobrancelhas e o buço com um tipo de cera diferente: era de chocolate. Confesso que tinha um pouco de receio, mas é mais confortável do que a típica cera cor-de-rosa... Não magoa tanto a pele e não ficamos com ideia de que ainda temos alguma gota pegada ao rosto.

 

De embalagem, fiz olhinhos à minha tia e relembrei-a de uma ideia que ela teve há uns dias atrás. As minhas unhas já pareciam um pouco melhores (não tão escamadas) e ela concordou em pintá-las. A inspiração veio de... Ténis! De todas as cores e feitios, como os All-Stars. Eee... Foi este o resultado:

 

And that's a first for you! Vejamos então o que foi utilizado:
☻ Apliquei a base endurecedora, porque embora tenham recuperado, as minhas unhas não ficaram de aço. Ao lado está o verniz transparente da Carlos Santos, que apliquei em último.
☻ Passemos às cores base. Queríamos algo colorido mas não em demasia... Daí termos escolhido estas cores.
(Cliché: Seychells, Surpresa, Ira, Gotico. Yes L♥ve: verde, k036)
☻ E quanto aos atacadores, foram feitos com estes dois da marca Kiss, comprados na Carlos Santos (pena que aqui na minha zona só hajam em packs de 3, com um prateado e um conjunto de moldes... às vezes era conveniente terem individuais):
O que acharam da ideia de hoje? É raro fazer algo com tantas cores, mas era para onde a manicure estava virada. Adorei o resultado! E quanto a cores, ajudem-me um pouco! O que acham que devia fazer para melhorar o aspecto do blog? Ou devo deixá-lo assim como está?
Boa noite,
Daniela

Fingers crossed.

Olá a todos vós, queridos leitores! Já é sexta-feira, o fim-de-semana está à porta e com ele vem o descanso de toda uma semana de trabalho árduo.

 

Estou a precisar de descanso. Não de dormir ou restabelecer forças físicas, mas antes as psicológicas. Acho que tem sido esse o meu maior problema ao longo dos anos. Vinha falar-vos do quanto atribulada tem sido a minha semana (no bom sentido, creio) e debater-me na questão de vos contar por fim sobre a novidade-mistério que se tem arrastado desde o princípio deste blog, ou levar a surpresa até ao fim. Vinha perguntar-vos sobre o que acham de um aspecto novo e completo para o blog, porque ando desinspirada. Queria falar-vos sobre tudo isto e adiantar que preferi contar-vos estas novidades todas em vez de um ou dois temas que tinha pensado em expôr aqui.

 

Que estou ansiosa pelo meu aniversário e que assim que chegar dia 6 de Junho, eu esteja algures a festejar com a família, namorado e amigos sobre o meu sucesso que tanto pavor me tem causado.

 

Mas a música acaba e oiço detrás da porta os gritos e as discussões do costume. As que me cansam os ouvidos e me levam à exaustão mental. As mesmas que me levaram a atravessar as portas da imaginação em busca de um mundo mais pacífico e que se tornaram tão graves, sem sentido algum, que desisti de querer sonhar. Porque nunca param, todos os dias há gritos aqui em casa. Ora porque os vizinhos se queixam do barulho que não sou eu a fazer (a altas horas da noite), ou porque eu não fiz alguma coisa que seja quem for tenha feito.

Hoje grita-se porque não nos lembrámos de ir pôr o Euromilhões... Quem discute por uma coisa destas?

 

Bendito sejas, meu adorado leitor de música! Como te adoro, nestas horas de aperto em que preciso de fugir para um sítio qualquer onde possa respirar fundo! E bendito seja o senhor da Zon que apareceu hoje cá por casa. Deixou o seu número de telefone à minha tia, pedindo que encaminhássemos pessoas de confiança para uma entrevista de emprego, uma vez que estão à procura de pessoas para trabalhar.

 

Parece que afinal nem tudo é mau... O que acham que fez a minha tia? (:

 

Boa tarde,

Daniela

 

image by Destiny Blue

Nail art #1 - Basics.

Boa noite, caros leitores! Espero que a semana vos esteja a correr bem!

 

Lembram-se de me ter queixado ontem porque tinha que ir hoje ao Centro de Emprego? Pois... A preguiça foi maior que eu e deixei-me ficar na cama. Sei que tenho de ir lá e fá-lo-ei ainda esta semana, mas... Enfim, é sempre desencorajador. A sério.

Sobre o blog, consegui exportá-lo para o Blogspot com sucesso, mas deparei-me com um problema ainda maior lá: o aspecto. Vou ter de brincar com os utilitários do Blogger até me acostumar, criar algo decente e mudar-me permanentemente para lá. Entretanto, deixo-me ficar aqui e criei uma pequena lista com os links dos blogs que sigo! Já não é mau... Ainda tem poucos mas com tempo, vou adicionando aqueles que não posso seguir pelo sistema da Sapo. (:

 

Hoje trago-vos o primeiro post do blog relativamente a nail art. A parte mais gira é que não vou mostrar unhas pintadas nem nail art em si, mas vou começar pelos básicos. Decidi tirar fotos de alguns vernizes e de materiais que costumo ter sempre perto quando se trata de ter as unhas arranjadas. Já dizia uma tia minha que devemos ter sempre três partes do corpo impecáveis: o cabelo, as mãos e os pés.

Comecei a gostar de nail art quando a minha tia (não a mesma...) se lembrou de começar a fazer experiências nas minhas unhas com brilhos, formas, misturar cores e outras técnicas variadas. Mas sou do tipo de pessoa cujas unhas escamam e partem com imensa facilidade... E como desenho (acreditem, dá cabo dos dedos de uma pessoa), custa-me muito mantê-las intactas.

 

Por norma, os meus básicos baseiam-se nisto: uma lima (também tenho um tira-cutículas e o típico corta-unhas mas é sempre melhor limá-las), um lápis branqueador da Avon (já velhinho), um verniz endurecedor da Avon, uma base endurecedora e uma base fortalecedora Casco de Cavalo. Atrás está um estojo de manicure francesa que será pormenorizado mais à frente.

 

Uso-os conforme o estado das minhas unhas: as bases são utilizadas quando vou pintar mais qualquer coisa e o verniz da Avon é para o aplicar durante uma semana sem mais nada por cima, só para as unhas deixarem de escamar tanto.
A lima é essencial, mas o lápis branqueador nem por isso: uso-o durante a manutenção ou quando faço a manicure francesa.
Estes são os vernizes base e os endurecedores:
(este já é dos mais velhos, mas a Avon ainda os vende, com outro formato)
E por fim mostro-vos um kit de manicure francesa que me ofereceram no Natal de 2009 s.e. Acho-o muito engraçado, principalmente pelo tamanho dos vernizes. I mean... That's chibi size! :D Traz três vernizes (branco, pastel e top coat), uma lima para polir as unhas, autocolantes para facilitar a manicure e um pau de laranjeira (pequenito também). O quarto verniz não pertence ao estojo mas é da mesma marca e tamanho... Embora não se veja bem na foto é um pérola engraçado. Tudo isto da Yves Rochër.
E é tudo por agora, sobre unhas. Obviamente que falta explicar e mostrar outros materiais como o alicate, a acetona, o tira-cutículas e outros dentro do mesmo grupo, assim como os métodos. Mas acho que a maioria de nós já sabe disso e como podem ver não sou das melhores fotógrafas! Resumi-me a mostrar-vos os produtos em si... Devo acrescentar que só tenho da marca Avon este verniz endurecedor e o lápis (deixei de confiar na marca com o tempo...) e estes são os únicos vernizes que tenho da Yves Rochër. Os restantes, que mostrarei noutro dia, são da Risqué, da Cliché, da Cristian Lay e da Carlos Santos. Depois ainda tenho um ou dois de marca branca!
Este post foi um pouco exaustivo e fora da minha zona de conforto. Gosto de cuidar de mim mas não sou a mais entendida em manicure. Talvez com o tempo vá aprendendo! Espero que gostem (: para a próxima talvez traga uma nail art que ando a debater com a minha tia e os respectivos vernizes!
Boa noite,
Daniela

Coisas que na apetece!

Boa tarde, caros leitores! Como está a correr o princípio da semana? Comigo já não vai muito bem, mas ao menos a boa disposição não falta.

 

Coisas que não apetece... Pois. Imaginem uma Segunda-feira cheia de coisas por fazer, ultrapassada por boa disposição vinda do nada até que alguém vos informa que têm de ir... Para o Centro de Emprego na manhã seguinte.

Hmm, já iam na cantiga até travaram a fundo na parte do "Centro de Emprego", não foi? Ah... Pois é.

 

Amanhã vai ser a minha vez de andar lá enfiada desde as sete da manhã. E vou à Terça-feira mesmo para tentar ser das primeiras. Até já tinha planeado em ir lá, mas soube que os cursos de educação e formação para jovens ( CEF 7) perderam os subsídios. Eu espero com toda a honestidade que seja só um engano... Senão vou ter muito em que pensar again. Já não bastava ter de terminar o 12º ano outra vez, retiram a opção mais plausível que eu tinha.

 

Enfim... Wish me luck, because I'm needing it.

 

Sobre o tópico mencionado no post anterior (Blogspot), experimentei exportar para lá o Violet Clouds e consegui. O meu maior problema agora vai ser decorá-lo, porque ainda não estou muito à vontade com a plataforma do Blogger (nem sei colocar imagens de cabeçalho...). Quando estiver pronto, devo mudar-me permanentemente para lá.

 

Por hoje é tudo! Como foi o vosso fim-de-semana?

Boa tarde,

Daniela

Corre, corre, sem parar!

Boa noite a todos! Finalmente é fim-de-semana! Que tal tem sido para vocês?

 

Desculpem-me por não postar há três dias... Ia postar qualquer coisa ontem mas fui tomada de assalto por volta das duas da tarde, até às duas da manhã. Ao menos tenho uma pergunta para vos fazer...

Muitos dos blogs que sigo são blogspot e não Sapo. Quis manter-me nesta plataforma como "veterana" (oito anos a dirigir blogs aqui, por muito que tenham morrido, é muito tempo) mas na verdade são poucos os que seguem ou comentam desta comunidade. Mas custa separar-me disto! Daí que tenho duas opções:

 

A) Exporto o blog para o Blogspot.

B) Crio uma lista rolante com os links dos blogs que sigo.

 

Dêem me a vossa opinião sobre isto, por favor! É mesmo importante.

 

Quanto ao que se passou ontem: foi um dia caótico. Tive uma aula horrenda (lembram-se daquilo que não quero contar-vos ainda? Comecem a juntar as peças.) mas depois fui ter com uma amiga minha de infância e conversámos por longas horas! Adorei estar na companhia dela e de saber que afinal ainda preservo o verdadeiro significado da amizade na minha vida.

Alguns minutos antes, o meu namorado faz-me uma pergunta assim muito rápida sobre ir ao cinema. Ele e um amigo nosso ganharam bilhetes duplos para a antestreia VIP do "Velocidade Furiosa 6" no Cinema de S. Jorge, Lisboa. O problema foi que estava tão confusa e frustrada com o que se tinha passado que pareceu-me que íamos ver o filme ao Montijo... Nem jantei nem me arranjei como deve ser, a pensar que me faltava tempo. Realmente não tinha muito tempo disponível, mas fiquei sem jantar! E fui indecentemente vestida a um sítio daqueles, mas bah! Who cares?

Cá vai uma foto da minha triste figura, poucos minutos antes do filme:

 

Hello! Yes, this is me! (:

E comigo, o meu namorado e os nossos amigos!
Não fazia contas de publicar uma fotografia minha tão cedo neste blog mas... Bem, foi uma ocasião especial.
O filme está BRUTAL! Sou fã dos filmes "Velocidade Furiosa" e fiquei espantada! Foi das poucas vezes em que assisti a um filme no qual os espetadores bateram palmas. Sei que deu um ambiente fenomenal ao momento que combinou perfeitamente com o filme, cheio de emoção e ainda mais surpresas para o futuro. Outra coisa engraçada foi que havia imensa gente curiosa a olhar para alguns dos concorrentes da Casa dos Segredos que também lá estavam, em exclusivo um senhor que fazia adeus a toda a gente com toda a alegria e jovialidade. Soube que não virá mais um, mas TRÊS filmes a seguir a este, com a participação de Jason Statam.
(muahahahaha! Spoilers!)
Enfim, foi uma noite para recordar e um dia super preenchido. Espero não ter errado em colocar aqui uma foto minha. Trouxe-me problemas anteriormente dentro da blogosfera por razões que não lembra nem ao Menino Jesus, mas é sempre algo que permanece... E tem de ser superado!
Por hoje é tudo! Tive uma sorte grande ontem, mas deixou-me estoirada! Eheheh!
Boa noite,
Daniela

Um dia mais doce.

Buenas tardes, gente! (: Hoje tem estado uma Quarta-feira ventosa e esquisita por aqui. Choveu hoje para os vossos lados?

 

Hoje apetece-me falar de doces. Ontem não porque nem queria ver comida à frente: a minha avó não se rege por meios, ou faz comer demasiado saudável ou encharca a comida de óleo e coisas dessas. Ontem foi a vez de encher o jantar de óleo e acabei por ficar meio mal-disposta, mas hoje já não foi assim. De manhã deixei-me ficar por néctares (porque embora se deva comer, fico sempre mal-disposta se botar algo no estômago) e à tarde, depois de ir à fisioterapia, eu e a minha tia parámos a meio do caminho de casa para comermos umas farturas. Digo-vos que caíram que nem ginjas mas tenho pena de não ter fotografado.

 

Maaas assim aproveito para gabar a minha perdição: panquecas. Mas não são umas panquecas comuns, nem daquelas finas da Nortejo (embora também sejam gostosas). Aqui perto de casa, numa antiga Feira-Nova, há uma senhora que faz panquecas espetaculares. Normalmente o pessoal diz que são waffles, mas até a senhora já disse que são panquecas, o formato não importa. Chocolate, morango, mel, canela... São excelentes. Só de olhar para a bancada da senhora já fico com água na boca:

 

Porém, é engraçado que se forem feitas pela filha da senhora, ficam com um sabor diferente. Haja saúde para a velhinha da bancada das panquecas! (:
Quando a minha avó descobriu, quis começar a fazer em casa, mas por muito que lhe dissesse, ela acaba por enrolá-las e fazer crepes.
Ao menos os ingredientes são todos caseiros e foram recheados com chocolate negro. Mas bem, coisas destas só acontecem uma vez por ano, duas no máximo. Na verdade não somos gente de comer doces muitas vezes, nem convém, senão os meus velhotes caem na tentação e queixam-se da diabetes mais tarde.
De resto, tem sido um dia agradável. Não tive muita sorte na clínica porque me esqueci do meu caderno de rabiscos em casa, mas lá achei um papelito na carteira e entreti-me com um esboço feito às três pancadas.
E deixo-vos em paz por hoje com uns docinhos e afins!
Boa tarde,
Daniela

Bons, velhos tempos.

Boa noite a todos... Como foi esta segunda-feira?

 

Bem gente, hoje tive um dia um pouco complicado. As minhas dores de cabeça voltaram há algumas horas e sei que é derivado ao stress, mas ao menos não são daquelas assassinas. No entanto fui informada que elas são genéticas... Toda a gente na minha família sofre com este tipo de dores de cabeça. De certa forma, fico mais descansada.

Se há segundas-feiras complicadas, esta foi certamente uma delas. Se têm seguido o blog com regularidade, sabem que tenho algo para vos contar a seu devido tempo. Algo que me põe a mim em bicos de pés e que só quero gritar ao mundo quando a tiver cumprido, ou seja, dia 6 de Junho se Deus quiser. É um assunto simples e comum do quotidiano de qualquer um, mas para mim é mais uma prova. É este tipo de assuntos que nos faz passar por uma crise de identidade e valores, a qual quero ver mais do que resolvida.

 

Mas acho que não importa o emprego, os estudos ou a vida social de cada um para chegar às minhas conclusões. Na verdade não tenho queixas praticamente nenhumas, senão o meu stress. Aflijo-me com muito pouco, preocupo-me com tudo e mais alguma coisa, penso dez vezes mais do que realmente se deve pensar... Sinceramente, acho que só queria mesmo um tempinho de férias. Não queria umas férias sozinha, credo, já me isolei por muito tempo! Mas gostava de ir com a família ou com amigos ou com ambos para um lugar diferente. E digo-vos mesmo, tenho saudades de praia! Tenho saudades de passar lá dias inteiros dentro de àgua ou a jogar qualquer coisa parecida com ténis de praia, sacar de uma melancia enorme e comê-la em grupo, assar ao Sol (protegida, pois) e no fim do dia, voltar para casa estoirada e pronta para dormir uma noite inteira.

Essas memórias e desejos fazem parte da minha vida e há muito tempo que não as vivo. Tenho esperança que este ano seja diferente... Talvez até volte à herdade da Comporta para ver como aquilo anda. Ouvi dizer que agora é tudo muito chique... Não vou dizer que não seja engraçado ou um sítio bom para ir passar as férias de Verão. Eu sei que é excelente! Mas é caro pra 'xuxu...

 

E agora que falo nisso, lembrei-me de ir ao Google Maps procurar pela antiga casa do meu avô. Tinha ideia que talvez tivesse sido demolida e transformada num resort da treta, mas afinal continua de pé. Olhar para a imagem deu-me um desgosto tão grande... Saber que passei ali os melhores momentos da minha vida e que não poderei lá voltar.

Ainda bem que conheci esta terra pelas suas origens. ♥



 

Boa noite,

 

Daniela

Pág. 1/2

Light Purple Pointer
Follow on Bloglovin

Quem passou por cá ♥

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D