Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Violet Clouds

O que escondi até hoje.

Boa tarde, meus anjos! Obrigada pela vossa visita e por lerem sempre os meus posts.

 

Mais uma vez, perdoem-me. Prometi vir aqui Quinta-feira (ontem), fosse o que fosse o resultado. Mas estava tão irada, tão frustrada, tão... nem sei, tive de tomar dois Valdispert (São naturais, ok? Não sou fã de medicação pesada) e não me lembro do resto do dia. Ainda assim, consigo dizer-vos que nem tudo foi ruim.

 

Aquilo que tanto vos queria contar - e fazer a surpresa - era sobre a minha carta de condução. Comecei a carta há ano e meio e como desde o princípio fui apavorada por andar no meio da estrada, era um objectivo muito importante para mim. Queria surpreender a família e os amigos com esta minha vitória. O exame de condução foi ontem... Mas chumbei. Os nervos apoderaram-se de mim - graças à abécula de examinadora que vinha ao meu lado - e numa de tomar cuidados com um bando de miúdos que se meteram aos pulos na estrada, não vi um STOP. Não ia depressa nem nada (estava mais preocupada que um dos catraios se metesse à frente do carro, que pouco faltou), mas é uma contra-ordenação muito grave, e isso pôs termo ao meu exame. Mesmo assim orgulho-me do que tinha feito até ao fim: dois estacionamentos direitinhos à primeira tentativa. O que me pôs os nervos em franja foi, de facto, a examinadora. Eu sei que eles têm de ser bruscos, mas existe uma linha que separa exigência de má-educação. Senti-me humilhada até ao recanto mais pequeno do meu corpo... Ela só se calou depois de muita insistência da minha instrutora, que me tem apoiado sempre. E com honestidade, juro que a vi sorrir assim que arrumou os meus papéis na pasta.

O rapaz que se seguiu a mim foi aprovado e não gramou nem metade do que eu ouvi. Terminou com oito faltas (duas delas injustas, porque a mulher inventou-as) e algumas outras que ela não viu porque estava ao telefone com o filho. Não sei o que raio têm estas pessoas na cabeça para serem tão arrogantes. Mas enfim...

 

Custou-me imenso quando tive de pagar a reprovação (um balúrdio!), numa altura em que dinheiro é muito escasso. Chorei até chegar a casa e acabei por contar aos presentes tudo o que se passava. Ainda assim, a minha avó sorriu-me. "Chumbaste? E daí? Já marcaste mais aulas?", "Já...", "Então pronto! Vais outra vez! Não és menos que os outros! Além disso há muito bom condutor por aí que um dia também chumbou!".

 

E contaram-me casos de familiares e amigos que chumbaram uma, duas e três vezes, mas hoje são condutores excelentes. Não esperava esta reacção. Ficaram felizes quando souberam que aprovei no exame de Código em Março - afinal de contas é o mais difícil. Agora que não tenho de esconder mais, que venham as últimas cinco aulas. E que venha dia 25 de Junho (: agora já sei como lidar com os leões.

 

Obrigada por todo o vosso apoio. E obrigada a quem me surpreendeu!

 

Boa tarde,

Daniela

10 comentários

Comentar post

A autora

foto do autor

Light Purple Pointer
Follow on Bloglovin

Quem passou por cá ♥

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D