Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Violet Clouds

Primeira semana de aulas... Dos pequenos.

Para os mais novos, as aulas já começaram.

E para mim também, pois. Tem sido desafiante: descobri que as coisas que eles aprendem pouco ou nada têm a ver com as que eu aprendi e que as que permanecem iguais... Bem, já não me recordava dos métodos. Sei a matéria mas explicá-la, 'tá quietó bicho. A parte má de crescer é fazer desses conhecimentos básicos parte do quotidiano como se não precisassem de ser explicadas e sim postas em prática. Mas trinta minutos com a tia ajudou a relembrar.Os pequenitos são traquinas e muito preguiçosos (credo, nunca pensei que houvessem mais preguiçosos que os da minha geração) mas resolve-se.

 

Entre ajudar com trabalhos de casa e explicar pequenas coisas, vai-se lendo - ai credo, que não lia há imensos meses um livro a sério - e vai-se pensando em começar a estudar também. Não, não devo de ingressar na faculdade para o ano lectivo de 2015-2016 (mais devido a verbas...) mas também nunca tive Biologia e Geologia, o que não faz absolutamente mal nenhum em começar já. Desta forma tanto me habituo à responsabilidade de uma forma de trabalho como a voltar a estudar. Chorar por não poder prosseguir os estudos é escusado e mais vale continuar com a vida até poder ingressar e trabalhar para isso.

 

De resto... Credo. Pensar em posts novos para o blogue (e estou ansiosa para ver as novidades dos blogues Sapo!), perder-me na literatura e no que tenho de começar a sonhar e a construir para o futuro próximo enchem-me o dia. Por vezes fecho os olhos e recordo coisas más, mas tenho ganho forças para imediatamente as combater com decisões afincadas. E as ilusões prosseguem para aquilo que posso conseguir. A conversa de ter uma casa, que já vem de um post anterior; a esperança de ser como a maioria dos meus colegas que conseguiu encontrar um trabalho onde conseguem, apesar do esforço, sorrir e manter o equilíbrio mental; continuar com a dieta tão precisa no momento por uma questão de bem-estar.

É muita coisa. Mas sabe bem poder fugir de vez em quando para um canvas só meu, pensar e construir o que quero e gosto, sem me distrair ou sair do lugar. Acabo por me equilibrar e conseguir sorrir. Mas ainda não acabou, claro que não. Falta ainda ganhar forças para tempestades que se fazem anunciar. Para desafios que não completei. Para deixar de ter medo de construir a minha vida.Devagar se vai ao longe.

 

 

 

 

Boa noite,

Daniela

6 comentários

Comentar post

A autora

foto do autor

Light Purple Pointer
Follow on Bloglovin

Quem passou por cá ♥

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D