Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Violet Clouds

O 8 é melhor que o 14

My lovely readers,

Sou uma despassarada que devia deixar de prometer a si mesma que passará a vir mais vezes ao blog. No entanto a falta de tempo foi devido a trabalho e esse dito cujo trabalho foi posto em dia para que pudesse fugir um pouco daqui de casa.

Não fui celebrar o São Valentim. Quer dizer, de uma certa forma até que fui, claramente, mas o objetivo não era bem esse. Para mim o dia 8 de qualquer mês é muito mais importante que o famoso dia 14 de Fevereiro. E mesmo assim não creio que tenha sido a olhar a datas, mas ao menos deixo esse ponto esclarecido. No fim de contas dei couro e cabelo para que pudesse ter um fim-de-semana descansado, ao pé do namorado, os dois a ter uma muito mais que merecida folga dos nossos respetivos quotidianos. E foi fantástico. Soube a pouco, queria tê-lo feito refém por mais uns dias antes de sermos separados por Espanha outra vez, mas aproveitámos cada minuto, descansámos e estivémos tranquilos. Estou aqui um bocado achocalhada de saudades, mas refugio-me nas boas memórias.

Também pelo mesmo devido motivo, tive direito a mimar-me um bocado. Pus-me bonita (e logo agora que depois de cortado, o shampô da Frutis Hidra Caracóis tem-me ajudado a recuperar a forma original do meu cabelo), matei saudades de nail art e entre outras coisitas. Após uma longa fase de resumos por fazer, tarefas a cumprir e decisões a tomar, tudo isto junto soube-me bem adobro. Os meus nervos atenuaram-se um pouco; o seu lugar tomado por borboletas no estômago. Sinto que já sei com mais certeza o que se passa comigo e quais são os pontos que devo corrigir ou aprender a ser melhor. Sinto-me pronta para uma nova temporada, uma que espero que tenha boas aprendizagens e surpresas agradáveis. E sem dúvida alguma, que não me permita desistir.

No entanto não deixo de corar em ter noção de algumas coisas na minha pessoa que foram negadas uma vida inteira. Parece-me que sou ainda mais atrapalhada com sentimentos do que aquilo que presumia - decididamente, dar conselhos é muito mais fácil do que ouvi-los.Daí só resultaram gargalhadas e a minha face bastante corada. E eu a pensar que era uma grande besta.

Enfim. Deixo-vos algumas fotos que tirei e um beijinho muito grande. Vou ter algum tempo de descanso portanto devo voltar brevemente. Gosto muito de vocês. ♥

Beijinhos e boa tarde,

Daniela

20170211_111935[1].jpg

20170211_142840[1].jpg

20170211_200932[1].jpg

20170212_085011[1].jpg

 

 

 

 

O blog fez dois aninhos... Então, unhas!

... E infelizmente, como se já não fosse costume, atrasei-me com o evento.

Com toda a honestidade possível não me sinto feliz em celebrar este aniversário. Quer dizer, confeso haver uma dualidade de opiniões presente por dois grandes motivos: gosto do facto de manter o mesmo blog há dois anos e uns dias... Mas mal tenho falado convosco. Nada de desenhos, de nail-art, nem das lógicas da batata. Ou os Un petit a part. Não sei se isto é certo, mas se a prenda da casa dos vinte e poucos anos é sentir-me cada vez mais repudiada pela sociedade, então a coisa está a decorrer da forma certa. Em par com esse facto, nem o estudo me tem corrido bem. Se pego no livro é de esperar que daí a cinco minutos algo surja para me interromper ou para me deitar abaixo. Tão certo quanto me chamar Daniela.

Bem, mas tristezas à parte, a ver se dou um chuto nas traseiras deste karma e se reavivo o blógui. A minha sorte no meio do azar é que vou dando sinais de vida numa rede social onde, por enquanto, ainda não recebo tanto mau agoiro e más notícias, que é o Instagram. E por lá, tenho publicado praticamente toda a nail-art que tenho vindo a fazer e que não tenho podido mostrar-vos. Pensei que nunca poderia fazer algo deste género, mas o atraso na rúbrica e a constante publicação das fotos à parte deixaram-me criar uma mini-montagem de como as minhas unhas se têm "vestido". Claro que falta aqui muitas outras, porque as fui repetindo. A manicure pergunta-me quando é que as publico aqui, e eu respondo por norma "quando tiver inspirada a lá ir".

Hoje que se lixe a inspiração. Tenho saudades do meu pequeno mundo. Portanto, aqui têm um pequeno pedaço de vários tipos de nail-art.

 

unhas.jpg

Gostaram? Alguma preferida? Espero, de ora em diante, ir publicando-as individualmente na rúbrica mais adequada. Há muita coisa que precisa de ser mudada e renovada, mas ainda estou a reunir forças para fazer tudo isso. Até breve,

Daniela

Un petit a part #30

Pronto. Antes de publicar algo sobre o Natal cá de casa - sim, que ainda não vos pude mostrar a árvore de Natal... Sorry - venho apenas comunicar que o meu problema de não conseguir comentar em blog algum parece já se ter resolvido. Ora pois bem, aparentemente o browser encerrava a minha sessão na Sapo e na Google (no caso dos blogs Blogspot/Blogger) e o meu comentário desaparecia. Com a Sapo resolveu-se primeiro (obrigada m-M por me teres confirmado que já recebias os meus comentários!) e com a Blogger vai ser mais complicado... Mas está a ser resolvido. Já consegui comentar no blog de algumas meninas! Yay!

 

Entretanto, uma imagem com nailart muito fofinha, hmm? (:

 

 

 

Nail art #10 - Update!(pt 2)

E cá estou outra vez.

 

Para a segunda parte desta resma de fotos, guardo três dias diferentes, sendo um deles uma tentativa falhada de eu mesma pintar as unhas. É certo que mal as acabei fui logo buscar a acetona, mas fotografei para que ficasse registado a nota de não voltar a repetir a proeza. Há relativamente duas ou três semanas, voltei a pintar as unhas em preto e branco, como se seguem abaixo. As unhas dos dedos polegares e anelares foram cobertas com uma camada de verniz branco graffiti (efeito quebrado).

 

 

 

Poucos dias mais tarde, a Inês e o Tiago foram lá a casa e a minha tia tratou-lhe das unhas com vernizes preto e vermelho. O namorado dela disse que fazia lembrar algo asiático e depois de olharmos bem, além de ele ter razão até ficaram giras!

 

E por fim, mais numa ideia de graça, eis a minha tentativa falhada de pintar as minhas próprias unhas. Queria utilizar um verniz que tinha comprado há muito pouco tempo e dar uso a umas aplicações para as unhas que nunca sequer se pensou em usar... Mas hora e meia de paciência perdida depois, assim como após ter fotografado a tragédia, limpei as unhas e esperei por uma próxima oportunidade de as pintar em condições.
E pronto, dou por terminado o longo relatório que há tanto tempo andava a falar. O que acharam da nail art aqui apresentada? A manicure agradece comentários e críticas!
Boa noite,
Daniela 

Nail art #9 - Update!(pt 1)

Boa tarde a todos!

 

Este post já anda prometido há alguns dias e a verdade é que eu planeava falar de um design por post. Mas como este fim-de-semana (e ao longo da semana) o assunto tem sido bebés, bebés e... Bebés, eu não tenho tido tempo para grande coisa. Mas o assunto dos bebés fica para daqui a pouco, assim que chegar a casa, alright?

 

Por agora é a vez desta rúbrica voltar ao de cima e como estou extremamente atrasada, vou dividir todas as fotos em dois posts. Até porque é muito provável que enterre a rúbrica da nail art de novo durante alguns meses: a minha tia anda extremamente cansada e pedir-lhe este tipo de coisas custa-me um pouco. Perguntei-lhe esta semana se me podia tratar das mãos e o rosto cansado dela foi suficiente para me responder. Ao longo das semanas, além de ela me ter arranjado as unhas a mim, também tratou das dela e de uma rapariga nossa amiga - a Inês - e já variou um pouco nos estilos.

 

Comecemos pelas primeiras que eu não cheguei a publicar: nesta altura estava a entrar na terceira unidade do meu curso de programação - e provavelmente na parte em que todo o meu tempo passou a ser usado para chegar a casa, comer e descansar a cabeça - e foi daí que me esqueci que tinha aqui as fotos. Foram pintadas com uma base cor-de-rosa bebé e os desenhos foram feitos com um cinza metálico e em paralelo, com riscos glitter (embora não se note muito bem nas fotos, vê-se na unha do dedo anelar da primeira foto. Culpa foi de sua Bichalteza Huawei que usei para as tirar!).

 

 

 

 

 

Em seguida a estas tive algum tempo sem verniz nas unhas e creio ter repetido um design que já anda por aqui no blog, portanto saltemos esse. Mais tarde, numa altura em que a titia manicure se estava a sentir melhor do pulso, ela decidiu tratar das unhas dela e das minhas. As dela ficaram em preto e vermelho e as minhas em branco e glitter, estilos diferentes (:

 

 

 

 

 

 

 

 

Posto isto, despeço-me de vós brevemente para o post seguinte. O que acharam destas fotos? (:
Boa tarde,
Daniela

 

Nail art #8 - Quais os vernizes que tenho?

Boas noites gente!

 

Ena!!! Um post sobre algo que não seja a reclamar de seja o que for!!! Sim, eu disse que tinha coisinhas novas para publicar e a maioria das novidades vêm para esta rúbrica. Embora tenha três novas nail art pictures para vos mostrar, ainda não vos falei dos vernizes que tenho. E tenho as fotografias aqui a morrer de velhas... Assim como as últimas unhas que fiz, que me esqueci de tirar uma foto ao princípio. Mas continuando.

O primeiro post falava sobre produtos básicos, mas aqui quero mostrar-vos todo o tipo de vernizes que tenho (à excepção dos básicos do primeiro post, claro). Portanto talvez seja melhor começar pelas fotos e ir falando sobre eles:

 

E é isto o que tenho por agora. Mas vernizes são daqueles produtos que vão acabando e surgindo com frequência - seja por uso ou porque secam - e portanto deverão surgir novas cores!
Gostam? Alguma marca que nos recomendariam?
Boa noite,
Daniela

Nail art #7 - Sparkling and shining!

G'evening, everyone!

 

Perdoem-me por ser tão tarde e não ter até renovado esta rúbrica há algum tempo... Mas além disto, quero preparar um post sobre a minha primeira visita de estudo da parte do curso de programação, ao Museu do Trabalho em Setúbal. Assim sendo, depois de um dia inteiro a dar explicações a miúdos - porque fiquei em casa graças às chuvas - posso finalmente mostrar-vos as novidades da minha manicure de eleição. (Oh éu a ser uma fófinha)

 

Portanto, acho que se pode considerar plágio. Quer dizer, nem por isso. Uma amiga nossa apareceu por cá e tinha umas unhas de gel com estas cores (isto é, prateado, branco e glitter) e como até comprei um verniz prateado novo, perguntei à minha tia se quando me pudesse arranjar as unhas faria algo semelhante. Gostei mesmo do design! Então, com muita paciência, ela fê-las de uma outra forma: francesa prateada e anelar/polegar com linhas onduladas em branco e glitter.

Da mesma forma que vos mostro o resultado final, apresento-vos uma das prendas de Natal que não vos mostrei e que agora é o novo local de armazenamento dos utensílios de manicure... Uma caixa de madeira muito gira, trabalhada e pintada com utensílios de "primeiros socorros".

 

(See?)
(O detalhe dos polegares!)
(E das restantes unhas!)
(A dita cuja caixinha e os vernizes utilizados: Endurecedor Casco de Cavalo, Marfim da Cliché, Angorá da Cliché - I ♥ Cats, vernizes glitter e branco da Kiss e verniz transparente Carlos Santos)
(E o interior da dita caixinha que será pormenorizado num futuro post)
Embora tenha sido na semana seguinte ao Ano Novo, penso que este design seria óptimo para a passagem de Ano. Gostaram da nail art?
Boa noite,
Daniela

Nail Art #6 - Pure white

Boa noite a todos! Como foi esta segunda-feira que já passou?

 

Bem, é certo que sinto borboletas no estômago. Quero que tudo corra bem amanhã. Não consegui o Certificado de Habilitações, mas deram-me um extracto de classificações carimbado... Parece que a directora da escola tem estado doente. Enfim, a mulher não tem culpa. E como já tinha as unhas granditas e sólidas (não têm escamado ultimamente), a titia quis arranjá-las. Honestamente, quero ver se começo a aprender também... Assim posso arranjar as dela enquanto ela não puder; tem uma tendinite no pulso e custa a mexê-lo. Não consegue arranjar as unhas da mão direita porque a esquerda não consegue agarrar o pincel. Mas ela quis tratar das minhas, já que amanhã vou começar o curso... E optou por algo bem simples. Em vez de muita cor, deixou-se ficar pelo branco e pela francesa. Primeiro limou as unhas e removeu cuidadosamente as cúticulas - depois de eu as ter mergulhado em água quente com um pouco de amaciador - e depois pintou a primeira camada com o endurecedor. A primeira demão foi feita com o verniz transparente da Carlos Santos e as francesas foram delineadas com o verniz branco, da mesma marca. Quanto às unhas dos polegares e dos anelares, foram pintadas com um verniz de graffiti branco, o top-coat Layla. Aqui ficou o resultado!

 

(Verniz endurecedor Casco de Cavalo; Verniz transparente Carlos Santos; Verniz graffiti Layla; Verniz branco Carlos Santos)
Pronto, a rúbrica de nail art foi actualizada. Talvez daqui a algum tempo comecem a ver as minhas primeiras tentativas nisto! E consequentemente, os primeiros motivos de gargalhada... Mas hei-de tentar! Amanhã conto-vos novidades, sim?
Boa noite,
Daniela

Nail Art #5 - Three distinct generations

Boa noite a todos por aí!

 

Para hoje tenho um post maiorzinho sobre nail art, algo que já não aparecia por estas bandas há algum tempo. A manicure não andou muito inspirada para esses lados e eu andei a dar descanso às mãos, já que elas são muito fraquinhas. Com a minha irmã a passar cá as férias, tivemos mais uma "cobaia" e assim, apresentamo-vos três tipos de design!

 

As minhas são estas:

(Verniz Endurecedor Casco de Cavalo; Marfim, Cliché; Kiss preto e prateado; Verniz transparente, Carlos Santos)
 
Ao invés do branco corrector, utilizou-se um verniz mais cremoso - que também é branco - e os traços a preto e prateado foram feitos com o os vernizes delineadores. O verniz preto que temos da Kiss... Bem, acabou-se! Acontece. Mais um item numa futura lista de compras. Em seguida, tratámos das unhas da minha irmã. Após serem limadas e cobertas com uma camada de verniz endurecedor (a magana saiu a mim), aplicaram-se duas camadas de verniz cor-de-rosa bebé. Com o preto, fizeram-se as pegadinhas. Algo simples e bonito.
 
(Verniz Fortalecedor, Casco de Cavalo; Baby, Cliché; Kiss, preto; Verniz transparente, Carlos Santos)
 
Por último, foi a vez da própria manicure a tratar das unhas dela. Optou basicamente pelos mesmos vernizes que eu, trocando o "Marfim" pelo "Andorra", da mesma marca. E honestamente, não sei explicar muito bem a ideia dela, mas que ficou bem, ficou!
 
(Verniz Fortalecedor, Casco de Cavalo; Andorra, Cliché; Kiss, preto e prateado; Verniz transparente, Carlos Santos)
 
Bem, já são três exemplares. Creio que compensaram a ausência deste género de posts por aqui! Por hoje é tudo, amanhã passo por cá com novidades!
Boa noite,
Daniela

Nail art #4 - Black & White

Boa noite! Que tal vos tem corrido o fim-de-semana?

 

Bem, tenho um pequeno problema: tinha três posts diferentes para escrever, fora os que já tenho planeados desde há algum tempo. Só que a boa disposição não vem de um dia para o outro... Então decidi deixar-vos um novo post de nail art e ao longo da semana contar-vos o resto: a minha mini-biografia como blogger e o aniversário do meu avô materno.

Devo também dizer que amanhã vou estar fora durante o dia. O namorado convidou-me para ir passar o dia com a família dele e um amigo nosso a casa de uma das tias dele, e a primeira a aceitar nem fui eu. Antes de eu dizer "pode ser!", a minha tia e a minha avó avançaram com um "leva-a daqui, para ver se ela espairece um bocado!". Estou é para ver amanhã, depois de uns três anos sem apanhar Sol, ir encandear o pessoal. Quando digo que estou branca, não tou a gozar. Já me perguntaram umas cinquenta vezes se ando doente.

 

Entretanto, pedi à minha tia para me limar as unhas - que andaram em descanso uma semanita - e ela quis pintá-las. Hoje ela optou por cores neutras e um pequeno desenhito nos polegares e nos anelares. Fez-me lembrar um efeito que ela fez o ano passado nas minhas unhas com borboletas... Talvez lho peça de novo. Por agora deixo-vos as fotos das unhas de hoje:

 

Para esta nail art foram utilizados cinco vernizes já apresentados aqui no blog: a base endurecedora Casco de Cavalo, os delineadores branco e preto da Kiss, o verniz branco da Carlos Santos e o Gothico da Cliché.
Pronto... E amanhã lá vou eu ter um encontro com o Sol. A mala já está pronta, a vontade também. Parece que vou espairecer um pouco. ^.^
Boa noite,
Daniela
PS: Já viram aquele botão cor-de-rosa ali do lado esquerdo? Não? Porquê? É do Bloglovin! Ia agradecer imenso que me adicionassem! (:

A autora

foto do autor

Light Purple Pointer
Follow on Bloglovin

Quem passou por cá ♥

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D