Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Violet Clouds

Blogmas #11 - Contos de Natal

Já dizem os sábios, que não devemos deixar que a criança que habita dentro de nós desapareça do mundo.

Há certas tradições de Natal que gostava de trazer de volta, quando tiver um filho ou um sobrinho, primo, enfim. Quando me perguntam, aos vinte e cinco anos, se quero ter um filho, a minha resposta é prontamente que não é para já. Presume-se que seja pela licenciatura, pela carreira, por qualquer outro motivo. Mas a verdade é que não quero trazer uma criança ao mundo dos dias de hoje.

Não é uma questão de proteção exagerada - muito pelo contrário - quero dar-lhe uma oportunidade de saber o estado do mundo e permitir-lhe a decisão do que quer mudar ou manter. Mas quero dar-lhe a chance de sonhar. Foi algo que notei que não acontece com tanta frequência no nosso quotidiano quanto deveria.

Quero que ele sonhe e que queira trazer esses sonhos à vida. Quero que se perca em brincadeiras, mundos e amigos imaginários, sozinho ou com os amigos e que percorram um caminho de aventuras fantásticas, só como as crianças o sabem fazer. E quero poder ter a capacidade de lhe dar as ferramentas necessárias. Quero poder, sempre que possível, sentar-me com ele e abrir-lhe a porta ao mundo das histórias de encantar. Quero manter a lenda do Pai Natal viva por muitos anos e ler as suas cartas de Natal. Quero ensinar-lhe que o Pai Natal gosta de bolachas com leite e que se ele pedir um desejo e acreditar nele com muita força e fé, e se esforçar, que ele pode concretizar tudo o que quiser.

Quero que um filho meu olhe para além das palavras e das imagens, das cantigas e das prendas. Quero que ele tenha a experiência de sentir o coração recheado de amor e que o saiba espalhar.

Acima de tudo, quero que seja feliz e que não se perca no mundo dos adultos mais cedo do que devia. E que eventualmente, quando cresça - por muito que nós, pais, nunca queiramos admitir que os nossos filhos crescem - que ele nunca se esqueça que no fundo da alma, não muito longe do seu alcance, existe a resposta para todas as suas questões: a eterna criança que nunca desistirá de viver.

E sim, eu quero estar pronta para lhe dar tudo isso.

2 comentários

Comentar post

A autora

foto do autor

Light Purple Pointer

Mensagens

More of me ♥

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D