Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Violet Clouds

Rasto.

Sou estudante numa licenciatura de terapia da fala.

Estou inserida num ambiente clínico, muito mais prático e versátil. Apaixono-me pelas aulas de Anatomia e depois fico frustrada com a quantidade de matéria que a mulher dá num único dia. Carrego testes fonéticos e fonológicos, aprendo transcrição fonética. Tudo isto se vê quando pego em trinta livros da área, quando tenho luvas e desinfetante ainda nos bolsos, quando saio da sala com a cara pintada com pintas e riscos.

Mas não é isso que se vê apenas.

Sou futura terapeuta da fala que carrega, entre as folhas de motricidade orofacial e aquisição e desenvolvimento da linguagem, folhas lisas com ilustrações por entregar. Sou a que tem um estojo para terapia e outro para ilustração.

Sou a eterna croma de Humanidades que, apesar do massacre de anos com os exames de português, tem um carinho especial por poesia de Fernando Pessoa e Antero de Quental. Nos intervalos, sou aquela que ainda dá umas dicas de Java e C# e que se arrepia pela espinha fora quando vê um diagrama de base de dados e que ainda traz num dos bolsos uma pen USB pronta com todo o material necessário para uma formatação ou limpeza rápida.

Ainda sou aquela que troca mensagens com os antigos alunos a perguntar se está tudo bem e que se preocupa nas sombras com o bem estar deles. E como que conjugado com o presente, sou a T.A.T que carregava os doentes de fones nas orelhas, que desenhava no cais durante as horas paradas e ainda tinha a lata de viajar com os joelhos cruzados na parte da frente da ambulância.

E daí veio o vício de passar por todos os pontos de desinfetante hospitalar.

Coisa que faço outra vez sempre que entro na clínica, por vício. O que me fez pensar em porque raio não tinha abandonado o hábito.

Sou feita de tudo aquilo que tentei e que construí. E eu sei que para muitos é confuso, mas para mim foi uma identidade que nasceu. Tentei tudo e aprendi alguma coisa e quero continuar assim. Sempre a procurar e a aprender coisas novas.

Quero que o meu rasto continue a ser diverso e que me marque para toda uma vida - seja qual for o percurso que escolha.

Lancei um canal de Youtube!

 

É verdade caros leitores, depois da ideia ser bastante tentadora (até porque é algo bastante conciliável com as minhas atividades diárias), finalmente tive coragem de começar um canal de Youtube para aquilo que mais gosto de fazer: desenhar.

 

Claro que a batata envergonhada (eu) ainda não se revelou mas vou deixar isso para mais adiante, quando chegar a certos e determinados números de subscritores! Portanto se puderem, dêem uma vistinha de olhos (desculpem se a edição é uma treta mas andei à cabeçada com o editor até compreender os básicos...) e se gostarem, deixem o vosso like e subscrevam o canal! Haverão vídeos semanais (da mesma maneira que há desenhos semanais, serão gravados ao mesmo tempo) e quanto mais evoluir o canal, mais se vai desdobrar em múltiplos temas!

 

Ajudem-me a avançar com este projeto e obrigada pelo vosso apoio! Evidentemente que o blog e o canal estarão relacionados futuramente mas para isso terão de esperar e ver!

Beijinhos!

Às voltas

Há quem diga que a vida dá muitas voltas.

A minha está a dar tantas voltas quanto uma máquina de lavar roupa a 1200 rotações (naquela fase em que temos impressão que o aparelho está prestes a levantar vôo). Às vezes tenho de me sentar cinco minutos, nem que seja na casa-de-banho, só para respirar fundo e voltar a pôr a cabeça no lugar. Tem sido explicações de segunda a sexta, tem sido café no fim de semana, tem sido apontamentos a torto e a direito e agora um projeto novo.

Perdi-me no sábado e na segunda-feira dentro de uma papelaria enorme perto de casa, entusiasmada com as compras e com o seu propósito. Levei lá quarenta minutos da última vez a correr os corredores todos. A rir-me com coisas antigas, a imaginar projetos futuros com coisas novas, a pensar na figurinha que a minha versão de oito anos faria dentro daquele estabelecimento. Havia quem se perdesse com Barbies, eu perdia-me com as canetas e lápis de côr.

E tenho passado os dias numa casa nova. Foi algo muito súbito, mas precisava de um ambiente sossegado para conciliar tudo isto. Cuidar da casa, deixar sempre tudo pronto e acordar sem as vizinhas aos berros.

Têm sido semanas turbulentas, mas com promessas de boas notícias a caminho, espero. Quem sabe. E tenho muitas saudades de vos mostrar o que se faz por aqui. Já há novidades novas. Muitas, mesmo.

Que tal um post a mostrar o que há de novo?

Boa tarde,

Daniela

 

Do último esboço...

... Saiu algo assim:

clash of the multiverse[0](grey).png

Já não aguentava as saudades da mesa gráfica e apesar de estar muito enferrujada, lá terminei o sketch. Apliquei muita coisa nova aqui e apesar de os efeitos não estarem muito a meu gosto, orgulho-me de o ter feito à "mão". Nada de brushes pré-feitos aqui. Também não foi aclamado por muitos, mas fiquei feliz pelos poucos que se sentiram interessados. E agradeço bastante a quem mo diz. Enchem-me o coração de alegria por ter dado um passo fora da minha "zona de conforto", ainda que não pareça ser um passo muito comprido.

Enfim... Sei lá. Há muito tempo que não me sentia tão satisfeita nesta área. Faz anos a última vez em que fiz um desenho tal e qual como o queria. E certamente que vou ignorar as más línguas acerca disto (isto é essencialmente para quem sabe o que fez). Há mais de dez anos adorava um dia chegar a este objetivo de desenho e hoje em dia anseio por melhorar ainda mais, mas para a little me do passado:

There you go.

Un petit a part #46

Com o fim do mês vem o recomeço do aperto que tenho no peito. Agarro-me às garantias de que vai correr tudo bem, e detrás de toda esta ansiedade, eu sei que vai ficar. Mas não deixo de temer por aqueles que amo, por muito que me pergunte todos os dias se vale a pena, se e para o que deva avançar.

Mas acho que é positivo - e um tanto ou quanto engraçado - confessar que arranjei qualquer coisa para me distrair. Compreendo que a minha melhor hipótese neste Verão tremendamente longo é esperar por novidades e que se houver forma de o fazer sem martelar o cérebro por coisas que não posso fazer, é de aproveitar.

... E não é que tenho?

Não abandono por completo as minhas "musas" de desenho, até por sou uma espécie de romântica incurável (à excepção para comigo mesma). Mas a modos que ver esta e aquela série, dou-me conta que fiquei extremamente agarrada ao protagonista da série The Flash - o próprio Barry Allen, interpretado pelo Grant Gustin. A última vez que isto aconteceu foi há muitos anos com o infamous Harry Potter...

... E depois de me aperceber disto, o lápis de carvão voltou a trabalhar. E enquanto o desenhei fugi do mundo que não conseguia pôr na pausa.

Tinha saudades de desenhar e precisava mesmo de o fazer. Portanto, decididamente, fiquei rendida ao Scarlet Speedster!

E para caso de suscitar a curiosidade, aqui está o rapazinho:

 

 

Desenhar para esquecer

Sugeriram aqui no blog (obrigada desde já à Inês, foi mais do que uma boa sugestão) que falasse mais sobre os meus desenhos. Acaba por ser mais do que um ótimo tema porque vai abordar parte da minha "recuperação". Com a depressão - já ultrapassada - perdi a resistência para me concentrar nas coisas muito tempo e por consequência, a de desenhar. Tive de ler e escrever e puxar pela concentração para o poder voltar a fazer. Agora estou mais na via de recuperação da veia "mangaka", mas hei-de lá chegar.

Por enquanto estou mais concentrada na temática do design de roupas para a minha mascote, a Ayumi. Penso que ainda não falei grande coisa da moça, perdão... A ver se perco algum tempo para vos apresentar à menina dos meus olhos desde início de 2008. Chorei um bom bocado quando tentei, várias vezes, desenhar em vão. Achei que deveria recomeçar devagar, com passinhos de bebé. Então decidi fazer algo que tenho pendente há sete anos: desenhar o guarda-fato da Ayumi.

 

acccc.PNG

 

Aos curiosos, ela faz parte de um fandom - espécie de área para fãs. Ela foi criada para se encaixar na série de animação japonesa Naruto e é com ela que pratico os rabiscos e os truques da arte digital, pelo menos do pouco que sei fazer. A base dos designs foi adquirida no deviantART por uma artista chamada zombie-adoptables e os designs em si foram criados por mim, de acordo com o estilo da série.

Mas tenho saudades. Principalmente de a desenhar sem o recurso a bases pré-feitas ou trabalhar em roupas apenas. Tenho imensas saudades de recriar os seus momentos feliz, talvez os tristes, os de derrota e conquista. com o meu traço - aquele que tanto me magoa tentar desenhar ainda. Vai-se lá compreender o porquê. Odeio-te, stress. Vou voltar e vou retomar ao que mais amo. E por agora deixo-vos o último desenho que fiz antes de adoecer, que hei-de desenhar a contimuação da história.

 

Boa tarde,

Daniela

 

O azar de sexta que se prolongou pelo fim-de-semana

Dá-me ideia que o azar que deveria ter vindo sexta prolongou-se pelo fim-de-semana.

Digo isto porque enquanto que a dita cuja sexta-feira 13 se passou calmamente, sem muitos "azares", sábado e domingo foram para esquecer. Enquanto que sábado foi recheado de stress e de mau humor, domingo foi o cúmulo: a minha avó caiu no quintal e agora anda de cama, a minha Speedy adoeceu e no veterinário foi-nos revelado que ela tinha uma infeção no útero e o monitor do meu computador morreu sem razão aparente.

Pelo menos hoje, terça-feira, as coisas mudaram ligeiramente de figura. A avó está um pouco melhor e a gatinha já foi operada, correu tudo bem. Os nossos bolsos é que chiaram não só com a cirurgia mas também com um monitor novo... Qualquer dia mais vale atirar-mo-nos todos em conjunto para dentro da pia batismal. Quanto a mim, ando mais ausente dada a acumulação deste tipo de situações. No entanto tenho continuado o estudo e durante o fim-de-semana, para aliviar um pouco, vou despachando alguns prémios e desenhos. Abaixo se segue dois que foram terminados hoje.

 ♥

Talvez um dia faça um giveaway para vocês e inclua alguns destes miminhos. ♥ Voltarei esta semana com detalhes sobre o que tenho estudado!

Boa tarde,

Daniela

Happy St. Valentines!

Para quem o celebrou solteiro ou bem acompanhado, até mesmo para quem ainda o está a celebrar. Não costumo dar muita importância ao Dia dos Namorados - qualquer dia é dia dos Namorados - mas este ano soube bem, soube muito bem.

Ser arrancada deste stress todo e passar o dia com a cara-metade é de facto revigorante. E espero que para vós tenha sido igualmente bom!

Curiosidade: Sabiam que no Japão existem dois dias dos Namorados? A dia 14 de Fevereiro - Red Day - as mulheres oferecem algo aos respetivos conjuges e a 14 de Março - White Day - eles têm de corresponder o carinho. ♥

E porque também desenhei algo inspirado no dia, longe do mundo e perto de quem bem me quer... Vai um desenho.

 

Boa noite,

Daniela

 

Dani, Dani, que andas a desenhar?

Aqui vai o que tenho rabiscado desde os últimos desenhos que vos mostrei e alguns do que vou digitalizar muito em breve. Obrigada pelo vosso carinho! ♥

Prontos ♥

edoromance[0](colors).png

♥Uma versão da Ayumi para um grupo chamado Edo-no-Romance, inspirado na era Edo-Japonesa (ai aquela maldita mão...)♥

gift eleanor-devil.png

♥ KankuNao, prenda de aniversário atrasada para uma amiga minha (1/4) ♥

gift2dieua.png

♥ Eleanor, Seth e Melody, prenda de aniversário atrasada para uma amiga minha (2/4) ♥

 

Para Digitalizar em Breve ♥

img118.jpg

♥Uma pequena brincadeira desenhada durante a aula!♥

 

img0892.jpg

♥Uma das novas indumentárias da minha personagem principal♥

 

E sim... Haverão de surgir alguns que não foram desenhados em papel ou até de urgência. Mas cá se vai fazendo. E cá me vou distraindo um pouco mais. Para ver mais alguns rascunhos tradicionais é só seguir-me no instagram!

Boa noite,

Daniela

 

 

Motivo da minha ausência

Os motivos até são alguns, mas alguns deles são sobre a minha lista de afazeres de desenhos. O facto de que tive de estar acordada durante a noite algumas vezes até não aguentar mais, em ordem de vigiar a Lucky - porque esta semana ela já não pode ver veterinários à frente - deixou-me apta a retomar à actividade. E consegui, em algumas noites, terminar todos os meus pedidos.

 

♥ Gaara and Nezumi, sunset portrait ♥

♥ Sasuke and an original character, arabian theme ♥

Nenhum destes desenhos é para mim. Foram pedidos feitos entre 2 a 8 meses, de acordo com os seus requisitos em específico. E utilizei ambos para praticar planos de fundo e algumas poses estranhas. Da minha lista de objectivos faltam-me apenas completar prendas de aniversário e de Natal em atraso, que apenas precisam de ser digitalizadas... E só voltarei a ter trabalho para os outros quando um concurso que está em curso no site terminar. Yay!

E agora vou voltar à carga. (:

Boa tarde,

Daniela

A autora

foto do autor

Light Purple Pointer

Mensagens

More of me ♥

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D