Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Violet Clouds

I hate you, Spring.

Peço-vos desculpa pela minha ausência, mas a culpa é desta maldita Primavera. Aparentemente a rapariga chegou atrasada este ano e para nos compensar, espalhou crises de alergia por todo o lado.

 

Ou assim diz a Dra. das urgências aqui da freguesia.

 

Eu não era alérgica ao pólen, nem aos fragmentos que caem das árvores - mais que me provocavam era um ardor nos olhos - mas este ano fui apanhada. Como cheguei ao cúmulo de nem ouvir ninguém, pois meus ricos ouvidos acharam por bem fazer companhia às minhas narinas e entupirem, fui ao serviço de urgências do Centro de Saúde daqui da zona (que é ao fim-de-semana ♥). Tcha-ram! "Você tem uma sinusite!!! Alergias mal controladas!".

 

E agora que me valha o antibiótico. Pelo menos já oiço toda a gente e já respiro melhor. No entanto o facto de estar afastada afastou-me da chance de vos poder contar algumas coisas boas deste fim-de-semana:

 

- sábado tive a oportunidade de poder ir a uma festinha de anos e provei comida moldava. Pimento recheado de arroz com carne, com um tempero óptimo e um molho com um nome complicado feito de iogurte e natas que me deixaram a babar. E por fim o bolo de anos caseiro (mas com ar de pastelaria) doce q.b. ! Já não ia fazer algo assim há imenso tempo e fiquei feliz... Mesmo depois de ter acabado de sair do centro de Saúde.

 

- à noite apanhei o desgosto da minha vida (de novo) quando subi para cima da balança e me vi tão próxima de três dígitos. E já não como em demasia, nem como snacks, nem parei o exercício físico. Estou oficialmente de dieta com a minha tia. Não quero voltar aos três números.

 

- hoje consegui ser mais teimosa e fiz esparguete para o meu almoço. Almoço anti-avó, que mesmo engripada, anda a tentar cozinhar. Mas ganhei e ela voltou para a sala para repousar (visto que também está engripada).

 

E mais vos contava se não me doesse a cabeça e estivesse atrasada para o meu próprio almoço. Odeio-te Primavera e odeio-te Segunda-feira. Quero fim-de-semana já! ):

 

Boa tarde,

Daniela

Reflexão sobre o blog

Espero não me extender muito com este assunto, dado que tem sido algo que não abandona os meus pensamentos.

 

De certa forma, isto acaba por ser irónico, mas já chegamos a esse ponto. Ultimamente tenho assistido a muitos vídeos de youtubers/bloggers portuguesas que falam e mostram tudo e mais alguma coisa a ver com um mundo mais feminino, do qual me sinto muito a leste: falam de maquilhagem e de marcas, falam de cremes e perfumes, roupa, looks, penteados e afins. Gosto bastante de os ver, de procurar com quem me identifico mais, de compreender o quão vasto é o leque de opções que há por aí. E para as que falam sobre mais coisas, tais como estilos de vida e viagens, costumam atrair-me para a ideia de querer fazer vídeos também... E já se estragou tudo.

 

Ponto número um, não tenho jeito para me filmar a mim própria e tenho pavor a ver-me num vídeo a falar sobre seja o que for. Nem com fotos, quanto mais com vídeos. Recordo-me de uma vez ter ajudado uma colega minha a tirar-me fotografias para praticar - já que ela estava numa de querer ser fotógrafa - e agora tenho um nervo a esse conjunto de imagens minhas.

Segundo ponto, retomando ao facto de ser um tanto ou quanto irónico: este assunto de querer fazer vídeos é equiparado ao de ter um blog. Embora arranje coisas do meu dia-a-dia para vos contar e outros tantos para pesquisar, sempre quis ter um blog que vos relatasse as minhas viagens e também o meu quotidiano. A questão da ironia incide sobre o facto de que quando tinha a chance de viajar, não sabia utilizar o blog. Agora que já percebo muito mais da coisa, estou instalada numa rotina há poucos anos, o que já é sufocante só de se pronunciar. Em suma, sim: ia adorar fazer vídeos ou posts mais elaborados sobre aquilo que uso, o ambiente em que vivo, aquilo que penso, sobre tags (adoro-as!), sobre as minhas viagens por Portugal fora (as saudades que tenho delas...).

 

Mas por agora, não viajo. E não faço muito mais do que sair de casa depois de almoço e chegar à hora de jantar. Mas sempre é melhor do que andar constantemente em casa. Espero que a fase das viagens volte um dia, muito em breve. E com muito boa companhia, claro!

 

Até lá vou continuar a contar-vos os pequenos momentos felizes que encontro e reconheço a cada dia, todos os dias. (:

A autora

foto do autor

Light Purple Pointer
Follow on Bloglovin

Quem passou por cá ♥

Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D