Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Violet Clouds

Já chegou Dezembro...

... E já chegou toda uma vibe de Natal em peso, mesmo que há algumas semanas que já andem as decorações por aí.

Hoje é dia de encher as redes sociais com muito boa gente a montar o pinheiro de Natal durante o feriado. Ah... E eu a trabalhar. Mas a minha já está montada e linda. Para a semana vai ser a vez de decorar a casa da minha avó. Ou talvez deixe isso para o dia 15, até entrar de férias com os miúdos.

Hoje é dia de encher a minha vista de coisas que quero tanto voltar a celebrar como dantes. E é dia de sentir muita nostalgia com algumas coisas que me fazem voltar atrás no tempo - como ir ao circo no Natal, por exemplo, no Coliseu do Porto. Lembra-me de ter papelinhos nos cadernos com os dias que faltavam para me poder enfiar no comboio.

Ora, lembra-me muito os meus primeiros passos como blogger, que ainda vos escrevia em Comic Sans num frenesim natalício muito grande e... Cor de rosa. Jasus, eu tive um blog cor de rosa. Aquele template muito antiguinho do Diário da Sofia, que com muita pena minha já não está disponível (era girinho).

Anyway. podia ser pior. Já estive mais longe de onde me encontro. Já estive determinadíssima a renegar o Natal este ano e parte dessa resmunguice já se desvaneceu com a montagem do meu primeiro pinheirinho (que tenho de vos mostrar!). Mas continuo sem estar preparada.

Porque estou muito longe da Consoada que costumava viver. Muito, muito longe mesmo. Não é uma Consoada daquelas tradicionais com bacalhau e filhozes na mesa e toda uma família junta que não se vêem há 364 dias.

Quer dizer... De facto é, mas não é a típica família dos reclames.

É toda aquela família que, tal como eu - papelinhos à parte - contou os dias comigo. Nas horas de almoço, à ida para a escola, ao telefone com os entes queridos. É toda aquela gente que estava desejosa de poder entrar pelos portões e ser recebida com uns vinte ou trinta abraços, muitas piadas à mistura e todo um mundo novo que nos resguardava daquele que nos massacrava diariamente. É todo aquele momento de revermos os que mais amamos, não pelo cinismo natalício, mas pelo verdadeiro Natal, o de amor e prosperidade.

São todas aquelas pessoas de quem sinto umas saudades enormes, que me esmagam o peito e que sei, bem cá no fundo, que para alguma vez voltar a sentir isso, recriar todo esse amor, vai ser preciso partir muitas paredes e desviar muitos obstáculos. E hei-de o fazer.

A vida ensina-nos as coisas para que as possamos praticar de acordo com o que acreditamos. E eu acredito que um dia vou voltar a contar os dias em papelinhos até ao dia de Natal.

large.jpg

 (preparem-se minha boa gente, que vai dar início ao Countdown to Christmas aqui no blog! Posts todos os dias até ao bendito dia!)

Oh, June ♥

Parece que Junho já chegou e ainda ontem estava a celebrar o ínicio do ano.

Esta semana ponderei inúmeras vezes num hiatus para aqui. Sinceramente o blog já estava em hiatus sem ser declarado, tenho a noção disso. Porém, já chega de estar parada. até tenho assuntos para falar, para investigar e que me façam correr atrás daquilo que quero. O que falta - e muito! - é mesmo a vontade, todos os dias depois de derrotas e mais derrotas.

Ter voltado à blogosfera esta semana ajudou-me com isso. Não quero espalhar a minha negatividade - para isso já basta eu ter de a gramar diariamente. É difícil transportar a boa vibe daqui para fora da tela, porque ainda existem muitas barreiras a mandar abaixo, mas há que se começar por algum lado. E certamente que não vou desistir em Junho. É o meu mês. Daqui a uns dias vou ser uma geminiana de 24 anos que precisa seriamente de pôr as pilhas no seu lado eufórico e com garra que leva sempre tanto esforço para acordar. O meu aniversário não me diz nada há muitos anos, mas tem sempre uma espécie de luzinha algures escondida, à espera que eu a destape para proclamar vitória e ser feliz sem ter medo de um tropeção de cara cheia no asfalto. Nunca se sabe!

Portanto, numa questão de boa fé, peço ao mês de Junho que faça juz à sua graça e que aguente comigo!

E para hoje tenho a pedir-vos algo novo:

Indiquem-me os vossos blogues favoritos! É claro que vou voltar a dar a volta aos vossos cantinhos todos, mas quero conhecer mais pessoas e quem melhor para tal que vocês que me aturam? Tenho muito que pôr em dia e confio em vós para tal!

 

Um beijinho muito grande,

Daniela

 

 

Nota para mim mesma:

O blog precisa mesmo de uma lufada de ar fresco. E eu a pensar que o fundo estava intacto... É o que dá o hábito do telemóvel. Mas ainda estou apaixonada pelo cabeçalho. Talvez o possa completar com alguma coisa.

E finalmente dei a volta aos blogs que sigo aqui! Infelizmente alguns deixaram de postar... E felizmente outros surpreenderam-me bastante! Agora é ir dar uma volta ao bloglovin e depois aos meus novos subscritores (gente obrigada, não sei como têm paciência para mim ultimamente mas enchem-me o coração de alegria).

Também é bom relembrar-me de dar uma volta às rúbricas do blog e descobrir quais devem ficar e quais devem sumir. E atualizar outras tantas. E voltar em pleno. E para boas notícias a Sapo criou uns templates giríssimos que tenho de experimentar e tentar encaixar aqui no Violet Clouds, porque apesar de programadora, ainda hoje me arrependo de não ter dado ouvidos nas aulas de webdesign. Ai vida. Isso também me ajuda a pensar em voltar a estudar programação quando possa.

 

Tenho a vida toda viradinha do avesso e não compreendo de onde me saiu esta inspiração toda para voltar ao blog em peso hoje, agora, mas vem em boa hora, porque estou a dar em louca. Não sei se foi a boa surpresa depois da tempestade que ateimo em tentar não criar expetativas para ela - sério, depois de tanta lambada uma pessoa já tem medo... - ou de já estar quase a voltar ao "trabalho" em pleno agora em Outubro. Só sei que gostava que isto se prolongasse por mais de uma noite e que não tivesse tanto medo de arriscar e de tentar achar uma solução.

E Deus, se também por acaso estás a ler isto, dá-me uma boa notícia. Por favor. Mas obrigada pelos pequenos momentos de felicidade.

 

Boa noite,

Daniela

 

PS: Outubro, só te digo olá. Que se lixem os resultados do mês de Setembro e os pedidos para ti. Faz o que tens a fazer, traz o que a bagagem te deu para mim, seja o que Deus quiser, mas não quero mesmo criar mais expetativas ao ínicio de cada mês. Era tudo muito divertido mas de repente tornou-se numa espécie de agoiro danado.

Happy birthday, Violet Clouds!

Pois é. O blog foi criado há precisamente 1 anito.

 

Quer dizer, um ano e 2 dias. A todos vós peço perdão pela ausência, mas ando ocupada como tudo. Tem sido altura das limpezas de primavera e à mistura, um dos meus afilhados está mesmo aí  quase a nascer e ando a ajudar com os preparativos para a sua chegada. Fui irresponsável com o blog e com a sua actualização, mas esta minha ausência não deve durar muito mais. Até porque já tenho alguns posts prontos com coisas novas e um dia destes começo a utilizar o Instagram para algumas fotos que vou tirando ao longo do dia, a pequenos detalhes, pequenos momentos.

 

Mas sim, há um ano que o Violet Clouds foi "inaugurado". Tentativas de o encerrar? Uma. Ausências? Várias. Incumprimentos da minha primeira palavra no que toca a afastar a negatividade daqui? Deus me valha, não tenho dedos que chegue para contar. Mas falei muito e conheci muita boa gente que é blogger, aprendi coisas novas e mantive um dos primeiros objectivos pessoais com este blog: não eliminá-lo. Mantê-lo. Espalhá-lo. Torná-lo uma segunda casa. Obrigada a todos vós, seguidores mai lindos, por todas as palavras e todo o carinho. Pela vossa paciência. Por ainda visitarem o espacito.

 

Obrigada Sapo, por me aturarem há tantos anos com tantas inconstâncias, perguntas estranhas e posts melodramáticos que (creio eu) pouco ou nada se revelaram neste novo cantinho. Obrigada pela vossa assistência e simpatia e por tudo o que vocês são para nós, bloggers da Sapo.

 

E que venha mais um ano com histórias novas, aventuras e lógicas da batata. E todos aqui, sobre nuvens violeta de sonhos. ♥

Boa noite,

Daniela

 

 

 

 

 

A autora

foto do autor

Light Purple Pointer

Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D